“Sem abertura para a alegria, não existe poesia na escrita; existe morte”

  

Compartilhar

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn